As chances de sobreviver eram mínimas - 28 de Febrero 2009 - Conexão Gospel
Domingo, 2016-12-11, 05:56
Conexão Gospel MainRegistre-seLogin
Bem Vindo Convidado | RSS
Menu Principal
Comentários
200
Enquete
Qual o melhor estilo
Total de respuestas: 108
   
Inicio » 2009 » Fevereiro » 28 » As chances de sobreviver eram mínimas
As chances de sobreviver eram mínimas
07:44

foto-jose-celio_web

Os médicos já não tinham esperanças, afinal, o estado de saúde de Lívia Silva de Souza, na época com 14 anos, era muito grave. Vítima de sinusite crônica, ela teve sérias complicações. Nísia Silva de Souza, 56, mãe da jovem, conta que ela deu entrada no hospital com uma crise convulsiva. Os médicos informaram que Lívia teve uma parada cardíaca, entrando, em seguida, em coma.

Fui imediatamente atendida, mas não reagia. Após uma tomografia, foi diagnosticada a doença em estágio gravíssimo. Me deram apenas uma hora de vida, comentaram com minha mãe que não havia mais nada a fazer e que se eu sobrevivesse seria um milagre”, afirma Lívia, hoje com 20 anos.

Risco de ficar paralítica

Segundo, ela, os médicos lhe deram apenas 1% de chance de vida. “Me levaram para o centro cirúrgico, onde fiquei quatro horas. Pelas tomografias, analisaram que o caso era bastante grave e eu poderia ficar tetraplégica”, recorda.

Nísia lembra que os médicos advertiram que a garota só acordaria alguns dias depois da intervenção cirúrgica. Mas, o inacreditável aconteceu: “Depois de uma hora, ela acordou. Ninguém entendeu nada, pois havia tomado muitos medicamentos e calmantes”, lembra.

Entretanto, a família da jovem foi orientada a se preparar para o pior. A mãe, então recorreu a Deus na Igreja Universal. “Nos três meses em que minha filha ficou internada em coma, eu participei da Corrente dos 70. Clamei ao Senhor Jesus por um milagre. Recebi muito apoio dos obreiros e pastores na intercessão por ela.”

Com o passar do tempo, para a surpresa da equipe médica, Lívia se recuperou e teve alta da CTI. “Um dia, ela acordou lúcida e logo chamou pela irmã”, conta.

“As mesmas enfermeiras não acreditavam que eu pudesse voltar a andar. Choraram e disseram: “A tua fé te curou”, diz Lívia.

Hoje, ela desfruta de plena saúde e está muito contente com a profissão que escolheu: a de enfermeira.

Mônica Ferreira
Agência Unipress Internacional

Visitas: 284 | Adicionado por: conexaogospel
Apenas usuários registados podem adicionar comentários.
[ Registre-se | Login ]
Login
Calendario
«  Fevereiro 2009  »
SegTerQuaQuiSexSaDo
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728
Busca no Site
Nosso Play


Estatisticas

Total en línea: 1
Visitante 1
Usuarios: 0
Copyright Adson © 2016