Firme seus valores (Tito 3:7) - 22 de Diciembre 2009 - Conexão Gospel
Domingo, 2016-12-11, 05:56
Conexão Gospel MainRegistre-seLogin
Bem Vindo Convidado | RSS
Menu Principal
Comentários
200
Enquete
Qual o melhor estilo
Total de respuestas: 108
   
Inicio » 2009 » Dezembro » 22 » Firme seus valores (Tito 3:7)
Firme seus valores (Tito 3:7)
17:49
Parece que cada vez mais as pessoas vêm perdendo seus valores, inclusive no meio denominado evangélico. Esquecem da santidade, amor para com o próximo, honestidade, oração, amizade, temor a Deus, humildade e muitos outros. Agem como se estivessem acima do bem e do mal procurando meramente a autossatisfação. Relacionam-se com coisas e compram pessoas - exatamente ao contrário do que deveria ser - e nem se importam tanto por cima de quem passarão, desde que alcancem êxito naquilo que farão.

Diante da atual realidade, quero relembrá-los que os nossos valores devem estar muito bem firmados porque as nossas vidas foram marcadas por verdades imutáveis.

1. Você é especial (Gênesis 1:26,27)
"Então disse Deus: ‘Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança’ (...) Criou Deus o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

No verso 26, Deus fala como Rei-Criador, anunciando aos membros de sua corte celeste a sua obra suprema (Gênesis 3:22). O homem é o apogeu da atividade criadora do Altíssimo, e este o tem coroado de "glória e honra", fazendo-o dominar sobre o restante da criação, conforme Gênesis 1:26: "...Domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os grandes animais de toda a terra e sobre todos os pequenos animais que se movem rente ao chão."

Como o homem é feito à imagem de Deus, todo ser humano é digno de honra e de respeito; não deve ser assassinado e nem amaldiçoado. Imagem inclui características como justiça, santidade (Efésios 4:24) e conhecimento (Colossenses 3:10). Os cristãos devem ser conformes à imagem de Cristo (Romanos 8:29) e um dia serão semelhantes a ele (I João 3:2).

Homem e mulher têm em si, de modo igual, a imagem do Criador, e juntos participam da benção divina que se segue. Por isso, são extremamente especiais para Deus e devem viver como tais.

2. Você foi milagrosamente regenerado (Tito 3:5,6)
"...não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua
misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador."

A salvação, que cada pessoa pode obter ao arrepender-se de seus pecados e crer em Jesus como Senhor e Salvador de sua vida, não é alcançada mediante esforço ou mérito humano, mas provém exclusivamente da misericórdia de Deus. Aliás, é ele quem toma a iniciativa da redenção humana, mantendo-a e levando-a até o fim.

Não que tenhamos sido merecedores desse ato regenerador que transformou as nossas vidas, e sim pela graça e amor divinos é que fomos, e outros ainda podem ser, restaurados e justificados diante do Pai.

São verdades como essas que devem mover-nos a sermos pessoas com valores definidos e bem fundamentos, diante de uma sociedade que, muitas vezes, vive como se tudo fosse negociável e o importante mesmo é a busca pela satisfação pessoal, não importando o que precise ser feito para adquiri-la.

3. Você tem valor (I Pedro 2:9)
"Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz."

Esse verso apresenta uma descrição da "identidade corporativa" dos cristãos; aqui eles são vistos como um grupo, como coletividade, como comunidade e corpo de Cristo;

Assim como Israel era chamado povo escolhido do Senhor no AT, assim também no NT os cristãos são denominados escolhidos ou eleitos, embora anteriormente não fossem o povo de Deus.

Pedro ainda acrescenta um novo ingrediente ao sacerdócio que ele menciona: trata-se de um sacerdócio real. É real porque serve ao Rei da terra, e assim tem parte na sua natureza real. É real porque desenvolve um serviço em prol do reino de Deus. No livro de Apocalipse, por exemplo, os cristãos são apresentados como participante da realeza de Jesus (1:6; 5:10; 20:4,6; 22:5).

Além da raça eleita e sacerdócio real, eles são também nação santa. Por fim, esses que carregam o nome do Salvador recebem ainda o nome de povo de propriedade exclusiva de Deus, ou seja, um povo que pertence pessoalmente ao Rei dos reis.

Analisando as designações, como um todo, mencionadas no trecho bíblico, pode-se constatar que sempre se pressupõe a unidade dos cristãos, pois eles são uma raça, uma nação, um povo, uma comunidade de sacerdotes, o que deve levar o grupo internamente a uma maior coesão.

Será que, diante disso tudo, você consegue perceber como é altamente valoroso para o Senhor?

Essa é só uma das 3 verdades que vimos, as quais devem levár-nos a firmar nossos valores.

Que o Senhor nos ajude a firmamos nossos valores, lembrando que eles são inegociáveis.

Palavras do Pastor Renato (1ª Igreja Evangélica Irmãos Menonitas do Jabaquara).

Visitas: 769 | Adicionado por: Adson
Apenas usuários registados podem adicionar comentários.
[ Registre-se | Login ]
Login
Calendario
«  Dezembro 2009  »
SegTerQuaQuiSexSaDo
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
Busca no Site
Nosso Play


Estatisticas

Total en línea: 1
Visitante 1
Usuarios: 0
Copyright Adson © 2016